Você sabe a diferença do soro para o plasma sanguíneo?



O sangue é composto por uma parte líquida e outra celular e é adquirida através do exame de coleta de sangue.

O plasma é a parte líquida do sangue e tem a presença de fibrinogênio, substância essa precursora da formação de fibrina que participa do processo de coagulação. O plasma sanguíneo pode ser armazenado em tubos de coleta que possuem fatores anticoagulantes, como exemplo o EDTA (Ácido etilenodiaminotetra-acético), e geralmente seu uso é destinado para realização de hemogramas e capilares para determinação de hematócrito e proteína plasmática.

O soro sanguíneo também constitui a parte líquida do sangue, porém, diferente do plasma, é armazenado em tubos de coleta que possuem fatores ativadores de coágulos, como exemplo a sílica e o fibrinogênio, ou seja, o fibrinogênio existente será gasto nesse processo de coagular o sangue. O soro contém os mais variados solutos orgânicos como minerais, enzimas, hormônios e etc, geralmente é utilizado para a realização de bioquímicos séricos, como na avaliação da função renal e hepática do animal, e também em exames sorológicos e moleculares.

Posts Em Destaque
Posts Recentes