Quais são os erros/interferências que podem acontecer durante a coleta de uma amostra de sangue?



Durante a realização do exame de sangue, as amostras precisam estar devidamente normais para não haver anormalidades nos resultados, pois essas anormalidades podem provocar um valor super ou subestimado, não sendo fidedignos ao resultado de exame do animal. Essas alterações podem ser:

-Amostra Coagulada: Muitas vezes a proporção de sangue coletado para o a quantidade de anticoagulante existente no tubo de EDTA, usado em hemogramas e exames de PCR, por exemplo, não serem proporcionais levando a formação de coágulo. Outra causa é o tempo de garroteamento prolongado e armazenamento em tubo inapropriado.

-Amostra hemolisada: Geralmente ocorrem durante a coleta de sangue, e tem como causas: garroteamento prolongado; homogeneização grosseira da amostra; coletas traumáticas; transporte inadequado;

-Amostra lipêmica: a lipemia pode ser devido à falta de jejum prévio para a realização do exame de sangue, porém também pode ser devido a um processo fisiológico do animal;

-Amostra Ictérica: associado a distúrbios fisiológicos nos animais, como problemas hepáticos, hemoparasitoses, e outras doenças como exemplo a leptospirose.

Posts Em Destaque