Fraturas em Pets



Os pets são mais predispostos a fraturas ósseas devido ao seu comportamento brincalhão e curioso de experimentar novas sensações e explorar novos lugares que podem ser perigosos a eles. São diversas as classificações de fraturas a exames específicos, porém o que podemos observar no momento do acidente é se a fratura é interna ou externa, ou seja, se há ou não a exposição do osso para fora da pele, e também podemos verificar se há a presença de sangramento. Em casos de acidentes de fraturas ósseas o pet deve ser levado imediatamente ao veterinário e nesse período de transporte do animal até a clínica veterinária, deve ser o mais cuidadoso possível, o tutor deve evitar tocar ou mexer no local fraturado, apoiar o animal ou o membro acometido em superfície plana e resistente, como por exemplo, um pedaço de papelão ou madeira, caso haver hemorragia aparente, o tutor pode enrolar delicadamente um pedaço de pano limpo no local para poder estancar o sangramento. O exame radiográfico é o exame de escolha para visualizar fraturas ósseas e assim classificá-la de maneira correta, é muito importante esse tipo de exame, pois ele nos auxiliará na interpretação da gravidade dessa lesão além de nos permitir fazer o correto tratamento no animal.

Posts Em Destaque
Posts Recentes