Coronavírus Felino



Apesar de ser da mesma família, o coronavírus felino é de espécie distinta da que causa o coronavírus humano (COVID-19), portanto afeta apenas os gatos. A espécie Coronavírus Entérico Felino (FECV) poderá causar em casos sintomáticos alterações no intestino dos gatos, como diarreia, vômito alterações de apetite e perda de peso. Porém, dependendo da baixa imunidade do gato infectado, poderá ocorrer uma mutação no vírus que causa a FECV e ela vir a se transformar na Peritonite Infecciosa Felina (FIPV), uma forma mais grave da doença, podendo ter característica úmida ou seca. A contaminação é oral-fecal e se da pela ingestão de alimento e/ou bebida contaminada ou pelo contato direto com gatos infectados com o coronavírus felino. O diagnóstico para essa doença pode ser realizado através de testes laboratoriais sorológicos e PCR, e no caso da FIPV também poderá ser feito o diagnóstico pela coleta de efusão. Lembrando que Coronavírus Entérico Felino tem tratamento e pode ser prevenido através da administração da vacina polivalente nos gatos.

Posts Em Destaque
Posts Recentes