ESPOROTRICOSE FELINA

RELATO DE CASO:

ANIMAL DE RUA RESGATADO, COM LESÕES EM CABEÇA E PATAS. ENCAMINHADO PARA O GOLD LAB VET PARA REALIZAR CITOLOGIA, E NA MICROSCOPIA FORAM ANALISADAS DIVERSAS ESTRUTURAS SUGESTIVAS DE ESPOROTRICOSE. FOI REALIZADO TAMBÉM CULTURA FÚNGICA PARA IDENTIFICAÇÃO DO AGENTE. CONFIRMANDO A SUSPEITA INICIAL DE ESPOROTRICOSE FELINA.

A esporotricose é uma zoonose causada pelo fungo Sporothrix spp., que é responsável por causar micose subcutânea tanto em homens quanto em animais. Os felinos têm grande importância, pois eles participam na epidemiologiada transmissão, por conterem grande quantidade de fungos em suas lesões, unhas e cavidade bucal. A transmissão entre os animais ocorre principalmente por mordedura, arranhaduras, e/ou por exposição ao microrganismo infectante presente em pele lesada de animais com esporotricose. Em humanos, a transmissão ocorre através do contato com o fungo presente nas lesões. A doença pode se manifestar sob as formas: cutânea fixa, linfocutânea ou linfangite ascendente, cutânea disseminada e extracutânea. O método de diagnóstico de escolha é a cultura fúngica, onde se observa o dimorfismo fúngico. O tratamento é baseado no uso de antifúngicos sistêmicos de longa duração, podendo variar de semanas a meses.

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square

Rua Freire Farto, 689 - Jabaquara

São Paulo - SP | CEP 04343-120

(11) 3042-6663 | (11) 99915-5600

contato@goldlabvet.com

Horário de Atendimento:

Segunda à Sexta: 9:00 - 18:00hs

Sábados: 9:00 - 16:00hs

Domingos e Feriados: 9:00 - 13:00hs

(Exceto último domingo do mês - FECHADO)

©2020 por GOLD LAB VET